Transformações, mudanças, conquistas e escolhas

“E preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas! – disse a Rosa ao Pequeno Principe”

Transformações, mudanças, conquistas, escolhas… Para chegar ao alto é preciso subir os degraus! As vezes cansa, muitas vezes sozinhos…

Mas a vista do topo é no mínimo a recompensa de ter subido, de não ter desistido!

É importante começar a lutar, um dia de cada vez. Se vier o leão, vença o leão, se vier o urso, acredite e vença o urso, se a dor bater, não desanime “Se forte e corajoso” a final, quando saiu do ventre, sentiu a diferença de temperatura, de luz, para se alimentar já não foi tão fácil quanto antes, foi preciso aprender a sugar e aos poucos precisou sentar, porque deitado já não bastava mais e outras coisas te chamavam a atenção, então aprendeu a andar… e já querias correr… daí, quedas são inevitáveis e machucados que ganhavam beijinho para sarar…

Crescendo descobre as letras, as histórias, um universo de informações e esse crescimento também dói, as vezes fisicamente, alguns sentem literalmente a dor do crescimento, mas é importante no processo para “virar borboleta”.

Esse movimento de crescer e querer-ser, não acaba e não pode parar, a borboleta sai do casulo mas descobre os jardins, as flores e algumas tem espinhos… e o vento..

Então, o que te impede de continuar? De ver as flores, aproveitá las ou ajudá las a florir???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *